Contato

instrutor: Capitão Marcelo Visintainer Lopes
fone/whatsapp: (48) 988.11.31.23
escoladevelaoceano@gmail.com

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Travessia POA-Guaíba inicia no final do mês

Texto e fotos: Marcelo Lopes

28 de outubro (data do aniversário deste que escreve),  foi a data escolhida para o início das atividades dos catamarãs que farão a tão esperada travessia do cais de porto de Porto Alegre até a cidade de Guaíba.
Que presente de aniversário!!!
Mas o presente foi entregue antes do dia. Na verdade, hoje à tarde... Fui convidado para participar da “Travessia Inaugural” da linha hidroviária. Foi um sonho realizado!


Cais B3 em Porto Alegre 

Saímos do cais B3 em Porto Alegre para pegar os passageiros em Guaíba. O cais B3 está totalmente revitalizado, lindo, amplo, envidraçado e pronto para receber os futuros passageiros.
Em Guaíba ainda restam pequenos detalhes para a finalização do cais mas até a data da inauguração da linha, tudo estará concluído.

Cais de Guaíba


Cais de Guaíba

Em ambos os cais foram instalados piers flutuantes em forma de “L” que dão total proteção na hora do embarque e desembarque.
O passeio foi maravilhoso e muito confortável. As poltronas são surpreendentemente macias, com braços móveis e com um bom espaço entre elas. Dois corredores (um em cada bordo) separam as filas. Os corredores dão acesso à popa onde estão localizados os toaletes.
Duas telas enormes de LCD e um perfeito sistema de refrigeração completam o conforto do interior.


Os barcos possuem aproximadamente 19m de comprimento por 6m de largura e a capacidade é para 122 passageiros e 2 tripulantes. Possuem todos os equipamentos de navegação necessários para uma travessia segura: chartplotter, radar, ecobatímetro, bússola e displays digitais que dão todas as informações sobre o funcionamento dos 2 motores turbo diesel de 500Hp cada.


O catamarã navega a uma velocidade média de 23 nós (42,5 km/h) o que resulta em 20 minutos de viagem de cais a cais.
O vento soprou de SE de com velocidade de 20 a 25 nós e com ondas de quase meio metro. O comportamento do barco foi muito bom. Dá pra se dizer que ele não balança, corta as ondas de proa e quando são mais pelo través, a sensação é de ter passado por um pequeno buraco no asfalto.
Já foi testado com vento de 35 nós e se comportou da mesma forma. Sucesso total!!
Mesmo que um dos motores apresente problemas, o outro dá conta do recado! A velocidade com 1 motor fica entre 15 e 17 nós, o que é muito interessante para uma travessia deste tipo.

Na próxima postagem informaremos os valores, os horários e todas as informações sobre este novo roteiro turístico dos gaúchos.

Veja mais fotos da velejada no facebook:
http://www.facebook.com/escoladevelaoceano