contato

Base Florianópolis - Santo Antônio de Lisboa
fone: 48 988113123
Prof. Marcelo Visintainer Lopes
escoladevelaoceano@gmail.com

sábado, 16 de abril de 2011

Módulo I e III - sábado de temporal pela manhã e tempo firme à tarde

O início do sábado foi marcado pelo temporal de sul que causou estragos na cidade como queda de árvores e problemas na rede elétrica
O vento passou dos 35 nós, exatamente meia hora antes das 9h, horário em que normalmente estamos montando o veleiro escola.
A chuva era em blocos que vinham de lado, bem na horizontal. Fazia tempo que não via algo assim. Eu estava aguardando meus alunos do módulo I na varanda do restaurante do continente mas achei que o tempo ruim pudesse desencorajá-los. Não foi o que ocorreu, pois todos compareceram.
Não costumo desmarcar as aulas confiando na previsão para os finais de semana. Prefiro estar no local e analisar a condição visualmente, para daí, tomar uma decisão.
Chuva não atrapalha. O que atrapalha é falta de vento. Essa sim é uma condição que prejudica o aprendizado.
Por volta das 10h a chuva diminuiu um pouco e decidi ir para a ilha dar uma olhada na parte teórica que guardo para este tipo de situação.
Fiz questão de segurar o pessoal, pois a condição poderia melhorar para um velejo no final da manhã. Isto acabou acontecendo por volta das 11h com a diminuição do vento e da chuva.
Montamos o barco e fomos pra água. Não consegui documentar com fotos esta aula por causa dos respingos de chuva.

As fotos a seguir são da turma da tarde (módulo III) que teve o privilégio de velejar com vento sudeste a leste de 10/12 nós e tempo firme sem chuva.
Amanhã é a última aula dos dois módulos. Como em todo final de curso os alunos serão checados com exame teórico oral e prático de manobra.













Por Marcelo Lopes